Solidariedade

Uma guerreira chamada Helena: Pinheirense Nina Melo Freitas luta pela vida de sua filha

Bebê foi diagnosticada com Hérnia Diafragmática Congênita do lado direito, (HDC)

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Nina Melo Freitas, pessoas sorrindo, close-up e atividades ao ar livre

Pinheirense Nina Melo Freitas luta pela vida de sua filha.

Minha esposa está grávida de 6 meses (25) semanas, nossa bebê foi diagnosticada com Hérnia Diafragmática Congênita do lado direito, (HDC), aqui no Rio Grande do Sul, não existe tratamento médico eficiente para salva la, fomos orientados por nossos médicos a ir para São Paulo e procurar a clínica Gestar Medicina Fetal, onde o Dr Fábio Peralta, médico renomado e estudioso em medicina fetal, ajudou a desenvolver com outros médicos de outros países, um procedimento que em nosso País ainda é experimental, porém devido a esse  procedimento já ter salvo muitos bebês a sobreviverem, pois se trata de um cirurgia intra uterina, onde é introduzido um balão pela traqueia do feto, cuja finalidade é expandir o pulmão para que a nossa bebê possa respirar quando nascer.

Largamos nosso trabalho aqui em Caxias do Sul, para ir  para São Paulo, teremos que ficar de 6 a 7 meses lá, o agravante não é só o procedimento que será feito agora terça feira dia 12/02/19, mas sim após o parto, onde ela terá que depois de ser estabilizada, ela terá de ser submetida a uma cirurgia de correção da hérnia Diafragmática, ver como seu pulmão vai reagir e se ele desenvolveu, bem como torcer para que nada tenha afetado o seu coração.

Doações pode ser feitas no site www.vakinha.com.br/vaquinha/uma-guerreira-chamada-helena/contribua ou pela conta abaixo

Ag Bradesco

Agencia 269 Conta 0221442-3

Nome Eliene Melo de Freitas

[wpdevart_facebook_comment curent_url="http://www.pinheiroonline.com.br/uma-guerreira-chamada-helena/" order_type="social" title_text="Comentários do Facebook" title_text_color="#000000" title_text_font_size="22" title_text_font_famely="monospace" title_text_position="left" width="100%" count_of_comments="2" ]