POLÍTICA

Cabo Adão sobe o tom e volta a cobrar prédio próprio para a APAE

Adão ainda desabafou dizendo considerar um ato discriminatório não alojar os alunos já que todas as instituições de ensino municipais tem sua sede própria

Na Sessão Ordinária de Terça, 09, o Vereador Cabo Adão voltou a subir o tom no assunto da necessidade de um prédio próprio para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Pinheiro Machado.

Em seu pronunciamento, com tom de desabafo, Adão relatou que desde o inicio de seu mandato cobra do Executivo para que a instituição saia do aluguel e possa ter uma sede própria destinada pelo município.

“No meu entendimento, a APAE deve ter sua sede própria pois ha muitos anos vive de aluguel e tendo de mudar de local frequentemente. Acredito que o Poder Executivo, no qual tem o poder da caneta de fazer o bem àqueles jovens e crianças possa dar a devida atenção aos mesmos”, cobrou.

Adão ainda desabafou dizendo considerar um ato discriminatório não alojar os alunos já que todas as instituições de ensino municipais tem sua sede própria, e com a APAE não deveria ser diferente.

[wpdevart_facebook_comment curent_url="http://www.pinheiroonline.com.br/cabo-adao-sobe-o-tom-e-volta-cobrar-predio-proprio-para-apae/" order_type="social" title_text="Comentários do Facebook" title_text_color="#000000" title_text_font_size="22" title_text_font_famely="monospace" title_text_position="left" width="100%" count_of_comments="2" ]